O que são

As deformidades dos dedos acontecem, normalmente, por retração e encurtamento dos tecidos (músculos e ligamentos) do pé. As deformidades nos dedos podem acontecer de duas formas, dedos em garra ou dedo martelo. Estas patologias recebem os nomes de acordo com o posicionamento dos ossos dos dedos. Geralmente causam muitos calos e dificultam a utilização de alguns tipos de calçados, bem como mau estar na locomoção.

Sintomas

mau posicionamento do pé por longos períodos e a sobrecarga no antepé (ponta do pé), são os principais fatores relacionados às alterações dos dedos. Algumas doenças reumáticas, como a artrite reumatoide, e traumas também podem levar ao aparecimento destas patologias. Tanto para os dedos em martelo quanto para os dedos em garra existem sintomas similares, tais como:

  • Dor nos dedos e nos metatarsos (ossos do pé);
  • Inchaço nos dedos e no pé;
  • Vermelhidão na região;
  • Retração e rigidez dos dedos, normalmente o movimento dessas estruturas fica difícil e doloroso;
  • Formação de calosidade nos locais onde há atrito com os calçados;
  • Perda de mobilidade e força no pé e dedos. O indivíduo terá muita dificuldade de movimentação dos dedos por falta de força e falta de mobilidade.

Para prevenir esses tipos de deformidades é necessário mudar hábitos errados de maneira que se previna a evolução da patologia, como por exemplo:

  • Utilizar sapatos espaçosos e não os que apertam e deixam os dedos mal posicionados;
  • Fazer fisioterapia para melhorar a mobilidade, a força e o controle dos dedos e do pé com manobras e exercícios específicos;
  • Usar separadores de dedos;
  • Usar palmilhas.

Diagnóstico

O diagnóstico neste tipo de patologias é realizado através de uma avaliação física, podendo no entanto ser necessário a realização de exames complementares (como por exemplo o raio-x) para observar como estão os ossos e as juntas dos dedos do pé.

Tratamento

Os tratamentos variam de acordo com a gravidade do dedo. Os tratamentos para casos mais leves baseiam-se no uso de sapatos apropriados – caso o problema tenha sido causado pelo uso de calçados inapropriados. Palmilhas especiais são boas indicações caso a sola do pé arqueada seja a causa da deformação. Medicamentos para aliviar a dor também podem ser necessários. Caso tenha bolhas, não as tente abrir – isso pode causar graves infecções. Utilize cremes e proteções no local. Alongar suavemente os pés também pode aliviar o problema.

Para os casos mais graves pode-se optar por uma intervenção cirúrgica. Existem muitas técnicas cirúrgicas como forma de tratamento para estas deformidades e a escolha dependerá do podologista e da gravidade da patologia.

Dicas

Dicas para aliviar as dores nos dedos deformados:

  • Massage a sola dos pés e os dedos de forma a ajuda a melhorar a mobilidade e a diminuir a dor;
  • Utilize sapatos com a zona dos dedos macias, espaçosas e evite sapatos de salto e/ou apertados;
  • Peça a um sapateiro para alargar um pouco a zona dos dedos do sapato para acomodar a deformidade;
  • As sandálias podem ajudar, desde que não comprimam nem friccionem outras áreas do pé;
  • Uma palmilha personalizada, feita pelo seu podologista, pode ajudar a redistribuir o peso e aliviar a pressão;
  • Manualmente estique os dedos do pé e articulações para as posições normais;
  • Exercite os dedos do pé.

 

Para prevenir esses tipos de deformidades é necessário mudar hábitos errados.

 

A informação contida neste artigo não dispensa a consulta de um especialista.

Marque a sua consulta na ‘Clínica de Podologia – Braga‘ e cuide já da sua saúde.

MARCAR CONSULTA